Fratura do Tornozelo (Tornozelo quebrado)

Semelhante a entorse, a fratura do tornozelo é criada por movimentos torcionais, porem a energia do trauma é dissipada no osso, causando sua lesão, a fratura.

Radiografia mostrando fratura da região do tornozelo

Trata-se de uma região articular, dessa forma não aceita imperfeições no seu posicionamento, já que desvios irão proporcionar movimento com atrito, lesando a cartilagem, diminuindo sua vida útil, evoluindo com osteoartrite e dor.

Tratamento

O objetivo do tratamento é manter a posição anatômica da fratura. Nos casos em que não há desvio e são estáveis podemos tratar de forma não cirúrgica. Porém, quando nos deparamos com instabilidades e desvios, devemos reposicionar o osso, realizando a redução óssea.

Atualmente esse procedimento é feito de forma cirúrgica, quando temos a possibilidade de posicionar visualmente, de forma anatômica e fixar os fragmentos ósseos com materiais de síntese, as famosas placas e parafusos.

Os materiais de síntese têm a função de manter os fragmentos ósseos na posição até a consolidação terminar, ou seja, eles não funcionam para sempre. O conceito do seu uso parte do princípio de que o osso passa por um processo de cicatrização, e ao seu término, a presença do material de síntese é indiferente, pois já fez a sua função, permitindo a consolidação óssea de forma anatômica.

Pós-operatório e Reabilitação

No pós-operatório e na reabilitação devemos respeitar a cicatrização dos tecidos ao redor do osso, principalmente a pele nessa região. Existem diversos protocolos de tratamento, mas a mobilidade deve ser estimulada precocemente, de preferência no 1º dia de pós-operatório. O paciente volta a pisar com todo seu peso, protegido com uma órtese removível, ao redor do final da primeira semana, desde que a pele permita e esteja com a dor controlada.

A carga total sem a órtese é iniciada entre o 2º e 3º mês, geralmente.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *